Os detentos do presídio de Tartagal, na província argentina de Salta (norte), aproveitavam as tarefas de reabilitação na horta da prisão para cultivar maconha, revelaram neste sábado as autoridades do Serviço Penitenciário.

As plantas de cannabis estavam espalhadas e camufladas entre outras hortaliças na plantação que servia de programa para a reinserção social dos presos.

sa/du/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.