Preso um dos organizadores das festas polêmicas de Berlusconi

O empresário de Bari (sul) Gianpaolo Tarantini, suspeito de ser um dos organizadores das festas com prostitutas nas residências privadas do chefe de Governo italiano, Silvio Berlusconi, foi detido nesta sexta-feira por tráfico de drogas.

AFP |

"Gianpaolo Tarantini foi detido por tráfico de drogas, mas também pelo risco de fuga e porque poderia manipular as provas contra ele", declarou Antonio Laudati, o procurador de Bari.

O empresário foi preso no aeroporto de Bari.

A justiça de Bari abriu há alguns meses uma investigação contra os irmãos Tarantini, suspeitos de corrupção.

As escutas telefônicas realizadas dentro da investigação levantaram suspeitas de tráfico de drogas e estímulo à prostituição, com o dinheiro que Giampaolo Tarantini, um conhecido de Silvio Berlusconi, propôs a garotas de programa para passar a noite em duas residências do primeiro-ministro, em Roma e na Sardenha.

Berlusconi nunca negou a celebração das festas, mas declarou não saber que as jovens recebiam para comparecer às mesmas.

ljm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG