Preso peruano que conquistava mulheres pela internet e as roubava

Bogotá, 9 jan (EFE).- As autoridades colombianas capturaram Wilfredo Beltrán, um peruano que pela internet conquistava dezenas de mulheres com mais de 40 anos em vários países da região, inclusive Brasil, e após conhecê-las e conviver com elas as roubava, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

As autoridades acreditam que nos últimos quatro anos ele conseguiu roubar mulheres das cidades colombianas de Cali, Barranquilla, Cartagena, Santa Marta e Bogotá, assim como de localidades de Brasil, Peru, Equador, Panamá e Venezuela.

Beltrán, de 58 anos e conhecido pelas incautas como "Willy", contactava pela rede suas vítimas, em sua maioria viúvas com filhos ou mulheres aposentadas, e se apresentava como um piloto de guerra que combateu na África, disse o comandante da Polícia do departamento (estado) de Valle del Cauca, coronel Nelson Aceros.

Aceros disse que o "contato inicial era via internet, depois chegava ao local onde ela se encontrava, o que dava mais tranquilidade. Convivia com elas, tirava dinheiro delas e as abandonava".

As vítimas diziam que depois de lhe darem dinheiro, "Willy" ficava violento e as agredia fisicamente.

O dinheiro que conseguia permitiu ao homem abrir um negócio no norte de Valle del Cauca, onde foi capturado após a denúncia de uma mulher que supostamente lhe entregou cerca de US$ 12 mil.

"Willy" será processado na Colômbia pelos delitos de extorsão, violência intrafamiliar, furto qualificado e fraude. EFE fer/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG