O médico Kevin Brown, filho do primeiro-ministro de Bermudas, foi preso em Los Angeles nesta segunda-feira, acusado de abusar sexualmente de sete mulheres, todas pacientes de seu consultório na Califórnia, informaram fontes judiciais.

Brown, de 37 anos, filho do premier Ewart Brown, era médico da Crenshaw Expo Medical Center, em Los Angeles, e foi preso em casa.

O juiz fixou uma fiança de quatro milhões de dólares.

Segundo o jornal Los Angeles Times, Brown deve ser acusado por 19 crimes, incluindo abuso sexual contra uma menor, de 15 anos, estupro, exploração sexual e fraude.

Se for declarado culpado, Brown poderá pegar até 25 anos de prisão.

pb/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.