O homem apontado como chefe da Cosa Nostra siciliana, Salvatore Miceli, foi preso na noite de sábado em Caracas e será deportado em breve para a Itália, anunciou o ministro do Interior, Tareck El Aissami.

Miceli, 63 anos, foi detido pela polícia judicial venezuelana, segundo o ministro, que lembrou que ele é procurado pelas autoridades italianas por meio da Interpol desde 2001 com código vermelho, o alerta máximo do organismo internacional.

"Ele é um dos cinco homens mais procurados na Europa por tráfico de heroína, morfina e cocaína", declarou El Aissami.

O ministro informou ainda que as autoridades venezuelanas entraram em contato com as italianas para deportar Miceli o mais rápido possível.

nn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.