Os tênis de marca foram proíbidos nos presídios de Nova York pelas autoridades que alegama necessidade de evitar problemas de disputa e violência entre os detentos.

O departamento carcerário proibiu que os presidiários usem tênis caros e vitosos e decidiu impor a eles o uso de calçados básicos, que custam dos dólares o par, informou o jornal Daily News.

"Trata-se de uma nova medida para limitar a violência entre os presos, especialmente entre os adolescentes, que brigam pelas marcas dos sapatos esportivos", afirmou o porta-voz do departamento, Stephen Morello.

sms/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.