dinamizar Unasul - Mundo - iG" /

Presidentes sul-americanos se comprometem a dinamizar Unasul

Brasília, 23 mai (EFE).- Os presidentes de Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva; Bolívia, Evo Morales; Equador, Rafael Correa, e Venezuela, Hugo Chávez, se comprometeram a dinamizar a União de Nações Sul-americanas (Unasul), em reunião prévia à cúpula do bloco, que teve início há poucos minutos, em Brasília.

EFE |

"Somos todos Governos de esquerda, temos muito em comum, e nos comprometemos a dinamizar toda a união da América do Sul", declarou Chávez, o único a falar sobre o café da manhã de trabalho realizado hoje pelos governantes.

Chávez explicou a jornalistas que Morales fez uma exposição sobre a situação regional, e um balanço sobre os últimos passos dados pela Unasul, cujo tratado constitutivo será assinado durante a cúpula de Brasília.

A Bolívia foi a última nação a exercer a Presidência rotativa do bloco, e deveria entregá-la hoje à Colômbia, país que se recusou a aceitá-la, por causa do recente conflito que mantém com o Equador e a Venezuela.

Por esse motivo, o cargo deverá ser transmitido ao Chile, cuja presidente, Michelle Bachelet, declarou em Brasília que só o aceitará se houver consenso entre os 12 países-membros do novo mecanismo de integração.

Segundo Chávez, a situação na Colômbia não foi discutida no café da manhã com Correa, Lula e Morales, assim como a crise entre esse país e a Venezuela, pelo ataque militar contra um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano.

Este ataque colombiano, no qual morreu o número dois da guerrilha, conhecido como "Raúl Reyes", desencadeou a crise entre o país, a Venezuela e o Equador.

"Falamos somente de unidade", afirmou o presidente venezuelano.

EFE ol/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG