Presidentes de América Latina e Caribe criam novo bloco regional sem EUA

Os 24 mandatários de América Latina e Caribe reunidos em Cancún, leste do México, aprovaram nesta terça-feira a criação de um novo bloco regional, sem os Estados Unidos, cujos estatutos serão definidos em Caracas em 2011, disse o presidente do México, Felipe Calderón.

iG São Paulo |

A chamada Cúpula da Unidade da América Latina e do Caribe, que reúne 32 países, foi aberta no balneário mexicano de Playa del Carmen com uma participação histórica de chefes de Estado.


Líderes latinos participam da cúpula em Cancún / AP

Participam da reunião, que alguns países da região pretendem transformar em um novo fórum de diálogo regional, 25 chefes de Estado dos 32 países que a compõem. A primeira cúpula ocorreu em dezembro de 2008, na Bahia.

A defesa do novo fórum foi feita na segunda-feira pelo presidente do México, Felipe Calderón, anfitrião do encontro . Ele defendeu em seu discurso de abertura avanços no "sonho" dos libertadores da América Latina de ter um continente unido, orgulhoso de suas raízes comuns.

Questionado sobre a formação da nova instituição, o embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon, afirmou que Washington não considera que seus interesses possam ser ameaçados pelo diálogo promovido pelos países latino-americanos na Cúpula da América Latina e Caribe .

"Não vemos (o novo fórum) como uma forma de excluir os Estados Unidos. Não acho que se trate de uma OEA (Organização dos Estados Americanos) sem os Estados Unidos. Consideramos como algo bom que os países da América Latina melhorem sua integração", afirmou.

Leia mais sobre América Latina

    Leia tudo sobre: américa latina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG