O presidente venezuelano Hugo Chávez e outros governantes dos países da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba) iniciam nesta quinta-feira um reunião para discutir a estratégia que usarão durante a Cúpula das Américas, em Trinidad e Tobago, onde planejam fazer ouvir a voz de Cuba.

Chávez se reuniu no fim de semana, em Hava, com Raúl e Fidel Castro para preparar este encontro, onde também discutirão o projeto de criar uma moeda comum, chamada sucre, e medidas para enfrentar a crise econômica mundial.

Os presidentes da Alba se reúnem nesta quinta e sexta na cidade de Cumaná, no litoral oriental da Venezuela, de onde viajarão juntos para a cúpula de Port of Spain.

No encontro da Alba estarão presentes Raúl Castro e os presidentes Daniel Ortega (Nicarágua), Manuel Zelaya (Honduras), o primeiro-ministro Roosevelt Skerrit (Dominica) e os presidentes equatoriano, Rafael Correa, e paraguaio, Fernando Lugo, como convidados. O presidente boliviano Evo Morales, que a princípio não poderia participar por problemas internos em seu país, também estará presente.

fj/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.