Havana, 19 jun (EFE).- O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, classificou hoje de muito positiva a reunião de quarta-feira em Havana com o chefe de Estado cubano, Raúl Castro, e anunciou a assinatura de acordos para impulsionar as relações comerciais.

"Foi muito boa, muito positiva e acho que estamos avançando", disse Vázquez a jornalistas, após depositar flores em frente ao busto do herói uruguaio José Gervasio Artigas em um parque no centro da capital cubana.

"Seguramente concretizaremos nas próximas horas uma série de acordos que vão melhorar ainda mais o relacionamento entre nossos países", acrescentou.

Vázquez, que completa o segundo dia de visita a Cuba, comentou que na reunião também analisaram o problema do aumento dos preços dos alimentos e do petróleo no mercado internacional.

Ele afirmou que ambos os países vão "trabalhar fortemente para melhorar a troca comercial", embora não tenha especificado quais produtos entrarão nos acordos, nem seu valor.

"Vamos trabalhar forte para tentar inclusive equilibrar a balança comercial entre os dois países", acrescentou.

Segundo fontes uruguaias, o país exporta cerca de US$ 40 milhões em produtos a Cuba, enquanto o que compra da ilha não chega a US$ 1 milhão.

Vázquez realiza a primeira visita de Estado de um presidente do Uruguai à ilha desde o triunfo da revolução cubana, em 1959. É o quarto líder latino-americano que se reúne com Raúl Castro desde que esse substituiu Fidel no poder, em fevereiro.

A viagem do presidente do Uruguai confirma a melhora das relações entre os dois países depois da crise em abril de 2002, com a ruptura de laços diplomáticos que somente foram reatados em 1º de março de 2005, mesmo dia em que Vázquez assumiu a Presidência. EFE jlp/rb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.