Presidente ucraniano lança oficialmente candidatura à reeleição

Kiev, 18 jul (EFE).- O presidente ucraniano, Viktor Yushchenko, anunciou hoje oficialmente que buscará um novo mandato nas eleições presidenciais de janeiro de 2010.

EFE |

"Quero anunciar oficialmente que concorrerei às eleições presidenciais de janeiro do próximo ano. E, o que é não menos importante, venceremos, como fizemos em 2002 e 2004", assegurou Yushchenko, segundo a televisão ucraniana.

O presidente, que discursou em um comício nos pés da montanha de Goverla, repetiu hoje o lema da Revolução Laranja que o levou ao poder no final de 2004: "Razom nas bahato, nas ne podolati" (Juntos somos muitos, não nos derrotarão).

Centenas de seguidores do líder pró-ocidental presentes no ato responderam ao anúncio com gritos de "Yushchenko, Yushchenko" e hastearam bandeiras laranjas.

Na véspera, Yushchenko, que mantém um forte confronto com sua ex-aliada, a primeira-ministra, Yulia Timoshenko, defendeu a antecipação das eleições para superar a atual crise política e econômica na qual o país está mergulhado.

Para ele, a Ucrânia não pode aguentar até 17 de janeiro do próximo ano com um Governo em minoria no Parlamento.

Segundo as pesquisas de opinião, Yushchenko não tem chances de ser reeleito, já que conta apenas com o apoio de 4% dos ucranianos.

O atual líder opositor, Viktor Yanukovich, lidera as pesquisas, com 26,7% de intenções de voto, seguido por Timoshenko, com 17,6%, e pelo ex-ministro de Exteriores, Arseni Yatseniuk. EFE bk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG