Presidente sul-coreano inicia viagem oficial aos EUA e Japão

Seul, 15 abr (EFE).- O presidente da Coréia do Sul, Lee Myung-bak, iniciou hoje uma viagem aos Estados Unidos e Japão, em sua primeira visita oficial ao exterior desde que assumiu o poder, no final de fevereiro, informou a agência de notícias Yonhap.

EFE |

Lee partiu para Nova York, onde estão previstos vários encontros empresariais a fim de atrair investimento americano. Em seguida, ele vai a Washington para se reunir com o presidente americano, George W. Bush, em Camp David.

Os dois governantes discutirão mais uma vez o problema nuclear norte-coreano e a ratificação do Tratado de Livre-Comércio bilateral assinado no ano passado, entre outros assuntos de interesse mútuo.

O principal interesse de Seul é redefinir uma relação mais estreita entre Coréia do Sul e EUA, deteriorada na última década pelos dois governantes progressistas, Kim Dae-jung e Roh Moo-hyun.

Segundo a imprensa sul-coreana, Washington pedirá a Seul um novo envio de tropas sul-coreanas ao Afeganistão e uma maior participação do país na iniciativa de segurança contra a proliferação de armas de destruição em massa.

Além disso, os EUA exigirão a abertura total à importação de carne bovina americana por parte da Coréia do Sul.

Durante sua estadia no Japão, entre 20 e 21 de abril, Lee se reunirá com o primeiro-ministro japonês, Fukuda Yasuo, a fim de estreitar as relações bilaterais e ampliar a cooperação econômica entre dois países.

Em seu discurso de posse de 25 de fevereiro, o presidente sul-coreano manifestou sua intenção de iniciar uma "diplomacia pragmática" destinada a estreitar sua aliança com Washington e a potenciar os laços econômicos e energéticos com Pequim e Moscou.

Lee afirmou antes da viagem que trabalhará para estreitar a relação com os EUA e estabelecer uma relação de amizade com o Japão.

EFE ce/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG