Tóquio, 20 abr (EFE).- O presidente da Coréia do Sul, Lee Myung-bak, chegou hoje ao Japão em uma visita oficial de dois dias, durante a qual falará com as autoridades japonesas sobre o processo de desnuclearização norte-coreana.

Lee deve se encontrar amanhã com o primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, a quem conheceu em Seul durante a recente posse do primeiro, em 25 de fevereiro.

Então, os dois líderes decidiram manter relações mais estreitas entre seus países, que tiveram um passado difícil, devido às invasões japonesas na península coreana na primeira metade do século XX, mas compartilham agora posições similares no âmbito internacional, como em relação ao problema nuclear norte-coreano.

Lee chegou ao Japão procedente dos Estados Unidos, onde coincidiu com o presidente americano, George W. Bush, na necessidade de que a Coréia do Norte a presente uma declaração "completa e verificável" de seu programa nuclear.

EUA e Japão foram as duas escalas da primeira viagem ao exterior de Lee Myung-bak, um conservador que chegou ao Governo sul-coreano com uma posição em relação à Coréia do Norte mais dura que a de seu antecessor, o progressista Roh Moo-hyun.

Além de se reunir com Fukuda, o presidente sul-coreano será recebido amanhã pelo imperador Akihito e manterá encontros com a comunidade empresarial japonesa. EFE psh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.