Presidente sudanês se compromete a recuperar paz em Darfur este ano

Cartum, 7 abr (EFE).- O presidente sudanês, Omar al-Bashir, contra quem há uma ordem de detenção do Tribunal Penal Internacional (TPI), comprometeu-se hoje a recuperar a paz na região de Darfur durante este ano.

EFE |

Bashir fez estas declarações em discurso aos habitantes da cidade de Zalenyi, na província de Darfur Oeste, onde fez uma visita esta manhã.

Em 4 de março, o TPI emitiu uma ordem de detenção contra Bashir, acusado de crimes de guerra e de lesa-humanidade em Darfur, região em meio a um conflito desde fevereiro de 2003, que deixou cerca de 300 mil mortos e mais de 2 milhões de deslocados, segundo a ONU.

Sobre isso, Bashir disse hoje que lançará uma campanha para que os deslocados que fugiram da região voltem para suas casas.

"Estou disposto a ser julgado, perante Deus e não perante Ocampo, se tivesse cometido algum erro contra os filhos de Darfur", disse o presidente sudanês, em referência ao promotor-chefe do TPI, Luis Moreno Ocampo.

Esta é a terceira visita de Bashir a Darfur desde que foi emitida a ordem de detenção contra ele. EFE az/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG