Presidente sudanês chega ao Zimbábue, apesar de ordem de detenção

Harare, 6 jun (EFE).- O presidente do Sudão, Omar al-Bashir, chegou hoje ao Zimbábue para participar da 13ª Cúpula do Mercado Comum da África Oriental e Meridional (Comesa), apesar da ordem de detenção internacional ditada contra ele pelo Tribunal Penal Internacional (TPI).

EFE |

Segundo a rádio estatal zimbabuana "ZBC", Bashir chegou esta noite ao centro turístico das Cataratas Vitória, onde ocorre a reunião, com a presença de vários chefes de Estado e de Governo africanos, e ministros de Finanças e Comércio do continente.

Desde que o TPI ditou a ordem de detenção internacional contra Bashir, em março, por crimes de guerra e lesa-humanidade na região de Darfur, o líder viajou sem problemas ao Catar, Arábia Saudita, Egito, Eritréia, Etiópia, Líbia e, agora, Zimbábue.

Tanto a Liga Árabe quanto a União Africana (UA) rejeitaram a ordem de detenção contra Bashir e pediram ao Conselho de Segurança da ONU que adiasse por um ano o processo contra o presidente sudanês perante o TPI, o que não foi aceito pelo organismo. EFE rt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG