Presidente Sarkozy visitará vítimas de tiroteio de Carcassone

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, fará uma visita na manhã de segunda-feira às vítimas do tiroteio deste domingo num quartel em Carcassone (sul), onde 17 pessoas ficaram feridas em um exercício militar aberto ao público por disparos.

AFP |

Sarkozy, que expressou seu "horror" e "profunda comoção", visitará os feridos, vários deles em estado grave, nos hospitais de Carcassone e Toulose, informou um comunicado da presidência.

O presidente francês já havia hanunciado neste domingo que esperava ter "quanto antes" o resultado da investigação iniciada para apurar o incidente, com o objetivo de agir com medidas "exemplares".

Ao todo, 17 pessoas - 15 civis e dois militares - ficaram feridas na tarde deste domingo durante a realização de um exercício militar, quando um militar disparou com munição de verdade ao invés de usar balas de festim, informaram as autoridades.

Quatro feridos estão em estado grave, cinco são crianças.

O militar responsável pela tragédia, um sargento pertencente ao Terceiro Regimento Pára-quedista de Infantaria da Marinha, está detido até que o episódio seja esclarecido.

bur-paj/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG