O presidente russo, Dimitri Medvedev, disse neste domingo que acredita que o próximo governante dos Estados Unidos, Barack Obama, estará aberto a mudar a posição de Washington sobre a instalação de um escudo antimísseis na Europa, algo que Moscou vê como uma ameaça.

"Eles não têm um esquema completamente definido para resolver este problema", disse Medvedev à imprensa no Peru, onde participa do último dia da Cúpula do Foro de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC).

"Isto significa que o diálogo é possível, que uma mudança de postura é possível".

njc/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.