Presidente russo exige reforço da segurança após explosão na Ossétia do Sul

O presidente russo, Dmitri Medvedev, ordenou neste sábado ao ministério da Defesa reforçar a segurança para proteger os soldados e os civis do território separatista georgiano pró-Moscou da Ossétia do Sul, um dia depois de uma explosão que deixou 11 mortos.

AFP |

Medvedev pediu ainda uma "investigação meticulosa" sobre a explosão de sexta-feira, em coordenação com as autoridades da região rebelde, assim como a adoção de "todas as medidas necessárias para prevenir ataques criminosos contra os soldados russos de manutenção da paz e da população civil", segundo um comunicado do Kremlin.

Um porta-voz das forças de segurança separatistas da Ossétia do Sul declarou neste sábado à AFP que oito soldados russos e três civis faleceram na explosão, elevando o balanço anterior que era de nove mortos.

bfi/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG