Presidente russo diz que tarefa principal é superar as conseqüências da crise

Moscou, 20 nov (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, afirmou hoje que a tarefa principal do Governo é superar as conseqüências da crise global, em sua mensagem de saudação no congresso do partido governista Rússia Unida.

EFE |

"Neste complexo período, o Estado cumprirá seus compromissos sociais perante os cidadãos", disse o chefe do Kremlin, em um discurso transmitido ao vivo pelo canal de notícias "Vesti".

Medvedev disse que as iniciativas políticas que antecipou em sua mensagem sobre o estado da nação no último dia 5 "apontam para desenvolver a democracia e a elevar a qualidade da representação popular nos órgãos de poder".

Entre essas iniciativas, está a ampliação de quatro para seis anos do período presidencial, e de quatro para cinco anos a duração da legislatura.

"Confio em seu ativo apoio às ações do Governo da Federação Russa. Nossa tarefa comum é não só conservar os padrões sociais de vida dos cidadãos, mas também criar condições para garantir uma melhora", disse Medvedev.

O chefe do Estado foi apresentado aos delegados do congresso pelo líder da formação governista, o primeiro-ministro Vladimir Putin.

Putin, que formalmente não é militante da Rússia Unida e foi eleito líder máximo do partido no primeiro semestre desse ano, preside pela primeira vez um congresso da formação governista, que conta com 315 das 450 cadeiras da Duma (Câmara Baixa russa). EFE bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG