MOSCOU (Reuters) - A Rússia convidou neste segunda-feira o presidente eleito ucraniano Viktor Yanukovich para visitar Moscou, buscando consolidar melhores relações com Kiev após anos de amargura entre os dois países sob o último presidente da Ucrânia. O presidente russo Dmitry Medvedev fez o convite em carta a Yanukovich divulgada pela assessoria do Kremlin.

A comissão eleitoral da Ucrânia confirmou no domingo a vitória de Yanukovich sobre sua rival, Yulia Tymoshenko, na eleição do dia 7 de fevereiro. Tymoshenko afirmou que deve contestar o resultado na Justiça.

Caso Yanukovich aceite o convite, será sua primeira viagem internacional como presidente, reforçando expectativas de que irá levar a república ex-soviética a uma maior proximidade com Moscou.

(Reportagem de Conor Sweeney)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.