Presidente russo cancela visita à Itália após morte de Alexei II

Roma, 5 dez (EFE).- O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, cancelou sua visita à Itália, prevista para este fim de semana, após a morte hoje do patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Alexei II, anunciaram fontes policiais da região italiana da Apúlia, onde estava prevista a chegada do líder russo.

EFE |

As fontes disseram que, portanto, ficou suspenso o ato de amanhã no qual o presidente italiano, Giorgio Napolitano, entregaria a Medvedev a chave da recentemente restaurada igreja russa de Bari, que passou para as mãos do Patriarcado de Moscou.

O acordo sobre a devolução da igreja russa de Bari ao Patriarcado de Moscou foi alcançado em março de 2007 pelo então presidente e atual chefe de Governo russo, Vladimir Putin, e o chefe do Executivo italiano, Romano Prodi.

Medvedev também não irá à inauguração da temporada de óperas do teatro "La Scala" de Milão (norte), onde estava previsto que fosse junto com o chefe do Governo italiano, Silvio Berlusconi.

O presidente russo se encontrava hoje em Nova Délhi em visita oficial, que será interrompida para retornar imediatamente a Moscou e assistir ao funeral do patriarca ortodoxo, informou a imprensa italiana. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG