Presidente ratifica acordo de paz com talebans no Paquistão

Islamabad - O presidente do Paquistão, Asif Alí Zardari, assinou o acordo de paz que as autoridades negociaram com a insurgência taleban no vale do Swat, informa hoje a imprensa local.

EFE |

O acordo, válido para essa região situada no norte do Paquistão, representa a aplicação da sharia (lei islâmica).

O chefe de Estado ratificou o pacto na noite desta segunda-feira, pouco depois de o Parlamento aprovar uma resolução que apoia a entrada em vigor do acordo.

O governo da Província da Fronteira do Noroeste assinou em fevereiro passado um pacto com o grupo taleban local para a aplicação da lei islâmica na divisão de Malakand, que inclui o Swat, sob a condição de conseguir a paz no vale.

O porta-voz talibã Amir Izzat Khan, citado hoje pelo canal de TV privado "Dawn", disse que após a aprovação do pacto seu grupo largará as armas e se conseguirá a paz no Swat.

Zardari tinha evitado até agora ratificar o pacto, que está sendo duramente criticado dentro do Paquistão e pela comunidade internacional.

A ratificação definitiva do acordo chega no momento em que os talebans do Swat estenderam sua influência a outras áreas, especialmente à demarcação de Buner, situada no sul do vale e a apenas 100 quilômetros de Islamabad.

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG