Presidente peruano diz que eleição de Obama acalmará mercados

Lima, 9 nov (EFE) - O presidente peruano, Alan García, afirmou que a recente eleição de Barack Obama como líder dos Estados Unidos contribuirá para criar um clima de serenidade nos próximos meses no contexto da crise financeira mundial, publicou hoje a imprensa em Lima. A eleição de Barack Obama contribuirá à serenidade, para resistir os 18 ou 24 meses sustentando os investimentos públicos, mantendo regras estáveis que atraiam o investimento externo e evitando adotar medidas desesperadas que teriam conseqüências piores, disse García em coluna no jornal El Comercio. Sob o título Uma reflexão sobre a crise e o futuro, o presidente peruano afirmou que a economia mundial se recuperará nos próximos 18 ou 24 meses, quando terá início um processo de crescimento até mais rápido que o dos últimos dez anos. García ressaltou que quem mantiver agora a calma e continuar fazendo investimentos públicos e privados, ganhará muito quando, em alguns meses, começar a reativação mundial. Ele assegurou que o Peru continuará com sua mudança energética para o gás e outros investimentos lucrativos. Com serenidade e prudência, o Peru será um país de abrigo para o capital produtivo do mundo, ressaltou.

EFE |

Acredita-se que a economia peruana crescerá 9% este ano e 6,5% em 2009, com uma inflação média de 3,5%, lembrou o presidente. EFE wat/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG