Presidente peruano analisa recentes protestos no país

Lima, 28 jun (EFE).- O presidente do Peru, Alan García, fez hoje uma análise dos recentes protestos na Amazônia peruana e afirmou que seu país vive uma espécie de guerra fria.

EFE |

As declarações foram feitas através de um extenso artigo publicado no diário "Expresso".

Estas manifestações ocorreram em meio a um protesto de indígenas que rejeitaram uma série de leis governamentais. Os enfrentamentos deixaram um saldo de 34 mortos, o que fez com que o Governo voltasse atrás na aplicação destas leis.

García assegurou que "isto é parte de um conflito continental", iniciado em 2006, entre "dois modelos políticos e econômicos".

"De um lado, está a democracia política e econômica que aproveita o avanço do mundo, e de outro lado está o estatismo econômico e a demagogia que detém aos países", disse.

Segundo o governante, cuja popularidade caiu 21% após os incidentes na Amazônia, o Peru "é um centro vital para o continente". EFE dub/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG