Presidente paraguaio destitui comandante do Exército

O presidente paraguaio Fernando Lugo destituiu o comandante do Exército Alfredo Machuca e nomeou em substituição o general Oscar Velázquez, informaram nesta quarta-feira fontes governamentais.

AFP |

A mudança no comando foi revelada após uma reunião de Lugo com a cúpula das Forças Armadas na sede do Batalhão de Escolta Presidencial.

A saída de Machuca ocorre após uma semana de duras críticas contra ele por ter aceitado abrigar uma reunião de jovens esquerdistas da América do Sul na unidade de Engenharia do Exército.

O II Encontro de Jovens Progressistas da América Latina reuniu mais de mil pessoas e, durante o evento, foram exibidas bandeiras e símbolos da esquerda dentro de instalações militares.

Partidos de oposição e associações de militares da reserva repudiaram o que para eles foi um abuso.

Machuca havia se responsabilizado por ter concedido a permissão para o encontro.

A Constituição proíbe reuniões políticas dentro de instalações das Forças Armadas. Um legislador da oposição anunciou que apresentaria um pedido de julgamento político contra Lugo por causa do fato.

hro/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG