México, 21 ago (EFE).- O presidente do México, Felipe Calderón, assinou hoje um decreto que fixa um teto salarial para todos os servidores públicos do país, além de proibir que um funcionário ganhe mais do que seu superior, como medida de austeridade diante da crise econômica.

EFE rac/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.