Presidente israelense encomendará a Netanyahu formação de Governo

Jerusalém, 20 fev (EFE).- O presidente israelense, Shimon Peres, encomendará hoje ao líder do partido conservador Likud, Benjamin Netanyahu, a formação do próximo Governo em Israel, disseram à Agência Efe fontes oficiais.

EFE |

A porta-voz de Peres, Ayelet Frish, anunciou que Netanyahu foi convocado à residência do presidente em Jerusalém, onde às 14h30 (9h30 de Brasília) será oficializado o pedido.

A decisão foi adotada depois que a dirigente do partido centrista Kadima, Tzipi Livni, rejeitou hoje se unir a uma coalizão de Governo com Netanyahu, segundo disse ao próprio Peres em reunião que colocou fim à rodada de contatos prévia à designação para formar Governo.

Livni disse em sua reunião com Peres que "uma ampla coalizão não tem peso se não tem uma direção. Não podemos servir de tampa para a falta de direção".

Peres recebeu esta manhã em sua residência oficial, em Jerusalém, os dois dirigentes políticos cujos partidos obtiveram a maior representação parlamentar nas eleições de 10 de fevereiro, em um último esforço para promover uma ampla coalizão de Governo que inclua o Likud e o Kadima.

O dirigente do Likud transmitiu a Peres, durante a reunião desta manhã, que está disposto a impulsionar a negociação para formar um Governo de união nacional.

"Entendo a necessidade de unidade. Imediatamente depois que me encarregue a responsabilidade de criar uma coalizão, convocarei o Kadima à negociação", disse Netanyahu, segundo a imprensa local.

No pleito, o Kadima que obteve mais cadeiras, 28, uma a mais que o Likud, que, no entanto, conta com mais apoio devido ao aumento do número de deputados no bloco de direita. EFE db/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG