Bagdá, 5 dez (EFE).- O presidente iraquiano, Jalal Talabani, conversou por telefone com o líder americano, George W.

Bush, sobre o pacto de segurança recentemente assinado por seus respectivos países, informou hoje a Presidência do Iraque.

Segundo um comunicado divulgado em Bagdá, Talabani recebeu na quinta-feira um telefonema de Bush, que considerou "importante" o papel desempenhado pelo presidente iraquiano nos esforços para alcançar um consenso nacional sobre o pacto.

Talabani agradeceu a Bush pelo telefonema e expressou seu desejo de que tenha sucesso em sua vida futura, quando deixar a Presidência dos EUA, em janeiro.

A conversa por telefone coincidiu com a aprovação do pacto de segurança na própria quinta-feira pelo Conselho Presidencial iraquiano, integrado por Talabani e seus dois vice-presidentes, o xiita Adel Abdel Mahdi e o sunita Tareq al-Hashemi.

Há dois dias, o presidente eleito americano, Barack Obama, e o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, falaram também por telefone sobre o acordo.

Obama se mostrou satisfeito pelo papel desempenhado por Maliki para a aprovação no Parlamento, e expressou seu desejo de impulsionar a cooperação entre os dois países.

O pacto de segurança regulamentará a partir de janeiro de 2009 a presença militar americana no Iraque, quando terminar o mandato concedido pelo Conselho de Segurança da ONU.

O convênio permitirá aos soldados dos EUA permanecer no país árabe até o final de 2011, mas terão que deixar o controle das cidades iraquianas antes do fim do primeiro semestre de 2009. EFE am/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.