Presidente iraquiano explica acordo com EUA a embaixadores da UE

Bagdá, 24 nov (EFE).- O presidente iraquiano, Jalal Talabani, recebeu hoje os embaixadores da União Européia (UE) em Bagdá para explicar-lhes os detalhes do acordo de segurança que negociam Iraque e EUA desde maio.

EFE |

"O presidente reuniu-se com os embaixadores da UE no Palácio Al Salam (A Paz) de Bagdá para informá-los dos principais aspectos do tratado de segurança", precisa um comunicado do escritório do chefe de Estado.

O pacto regulará a presença de tropas americanas no país árabe depois que expire o mandato concedido pelo Conselho de Segurança da ONU no final deste ano. O texto já foi aprovado pelo Governo, mas agora está sendo analisado pelo Parlamento.

Talabani, segundo a nota oficial, destacou a importância do convênio e "suas repercussões positivas sobre o futuro do Iraque, dado que garante a soberania nacional e preserva os recursos iraquianos".

Por sua parte, os representantes diplomáticos da UE reiteraram o respaldo de seus países ao processo político iraquiano e os passos que antecipam os dirigentes das diversas forças políticas para que tenha sucesso a iniciativa de reconciliação nacional.

O presidente do Parlamento iraquiano, Mahmoud Mashadani, disse no sábado passado que a minuta do acordo de segurança entre EUA e Iraque pode ser votada na quarta-feira, se houver consenso.

Após receber, há pouco mais de uma semana, o sinal verde do Conselho de Ministros iraquiano, a minuta do acordo deve ser aprovada pelo Parlamento e ratificada pelo Conselho Presidencial para entrar em vigor.

O texto estipula que, antes de 30 de junho de 2009, terá que começar a retirada das tropas multinacionais das cidades e dos povoados iraquianos, e antes de 30 de dezembro de 2011, de todo o território nacional iraquiano. EFE ah-aj/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG