Presidente Hu interrompe viagem à Itália e volta à China

O presidente Hu Jintao, de visita oficial à Itália para participar da reunião de cúpula do G8, decidiu interromper sua viagem e retornar à China devido à situação em Xinjiang, onde os distúrbios dos últimos dias deixaram 156 mortos, anunciou a agência Ansa.

AFP |

Novos confrontos étnicos explodiram nesta terça-feira em Urumqi, capital da região de Xinjiang (noroeste da China), onde as autoridades decretaram o toque de recolher depois de uma grande manifestação de integrantes da etnia han, 48 horas após a onda de violência na região.

Os chineses han, considerados opressores pelos uigures de Xinjiang, buscavam uma revanche dos atos de violência de domingo que resultaram em 156 mortes e em mais de 1.000 feridos. Além disso, 1.434 pessoas foram detidas, acusadas pelas autoridades de assassinato, agressão e saques.

Os uigures, muçulmanos de língua turca, acusados por Pequim de lutar pela independência de Xinjiang, afirmam sofrer uma perseguição política, cultural e religiosa.

jit/fp/sd/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG