Santo Domingo, 20 jan (EFE).- O presidente eleito de Honduras, Porfirio Lobo, anunciou hoje em Santo Domingo que assim que assumir o poder, em 27 de janeiro próximo, assinará um salvo-conduto para liberar a viagem do deposto Manuel Zelaya à República Dominicana.

Segundo um acordo assinado entre Lobo e o presidente dominicano, Leonel Fernández, Zelaya, a família e as pessoas mais próximas dele poderão viajar para a República Dominicana como "hóspedes distintos". EFE mf/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.