Presidente eleito do Paraguai encontra futuros colegas em cúpula

ASSUNÇÃO (Reuters) - O presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo, se reunirá nesta semana com os presidentes de Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador e Venezuela, no seu primeiro compromisso internacional desde a eleição, em abril. Lugo embarca na quinta-feira para Lima, onde ocorre a cúpula da América Latina, Caribe e União Européia. Ele viaja na qualidade de acompanhante do atual presidente do Paraguai, Nicanor Duarte Frutos.

Reuters |

O ex-bispo católico, que assume o governo em 15 de agosto, deve reunir-se também com os líderes da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e da União Européia, José Manuel Durão Barroso, segundo nota divulgada pela coalizão que ele lidera.

O texto diz que Lugo se encontrará na noite de quinta-feira com o presidente da Bolívia, Evo Morales, e na sexta-feira com Luiz Inácio Lula da Silva, Hugo Chávez (Venezuela), Álvaro Uribe (Colômbia) e Rafael Correa (Equador).

A vitória de Lugo, candidato de uma coalizão centro-esquerdista, nas eleições de 20 de abril marcou o final de mais de seis décadas de governo do Partido Colorado (conservador). Lugo teve de desafiar o Vaticano e deixar o cargo de bispo para sair candidato.

Apesar de ser abertamente simpático a grupos de esquerda dentro e fora do Paraguai, o ex-bispo se declara 'de centro' e promete adotar um modelo similar ao do presidente socialista uruguaio, Tabaré Vázquez, que o receberá no dia 21 em Montevidéu.

(Reportagem de Daniela Desantis)

REUTERS PF

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG