Taipé, 14 abr (EFE).- O presidente eleito de Taiwan, Ma Ying-jeou, do Partido Kuomintang (KMT), anunciou hoje a nomeação do veterano político e funcionário econômico Chiang Pin-kung como máximo negociador com a China.

Chiang será chefe da quase oficial Straits Exchange Foundation, posição chave para as negociações com a China realizadas através desta entidade.

A nomeação de Chiang é também um consolo para o veterano funcionário, que já tem mais de 80 anos, mas que muitos esperavam que fosse o novo primeiro-ministro.

Ma também confirmou que o novo primeiro-ministro da ilha será um tecnocrata, o atual reitor da Universidade de Soochow, Liu Chao-shiuan, que foi vice-primeiro-ministro no último Governo do KMT (1997-2000).

O anúncio foi realizado em entrevista coletiva em Taipé, na qual Ma reiterou sua intenção de iniciar contatos para dialogar com a China imediatamente após sua posse, no dia 20 de maio, "com uma atitude pragmática".

O presidente eleito de Taiwan se mostrou otimista diante do encontro entre o vice-presidente eleito da ilha, Vincent Siew, e o presidente da China, Hu Jintao, no último sábado.

Ma tem confiança de que os laços com a China melhorarão, começando por negociações pragmáticas em questões econômicas, para avançar rumo à assinatura de um acordo de paz.

A grande distância entre as posturas de Taipé e Pequim sobre a questão da soberania torna muito difícil a obtenção de acordos políticos.

A China considera Taiwan parte de seu território, mas a ilha se define como um país soberano e independente sob a denominação de República da China.

O Governo e o Exército da República da China, derrotados pelos comunistas na China continental, se refugiaram em Taiwan em 1949.

EFE flp/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.