Presidente eleito de Taiwan aceita proposta de aproximação da China

Taipé, 5 mai (EFE).- O presidente eleito de Taiwan, Ma Ying-jeou, avaliou os recentes comentários do presidente da China, Hu Jintao, sobre o futuro desenvolvimento dos laços com a ilha, de acordo com um comunicado de seu escritório de imprensa.

EFE |

"As palavras de Hu servirão de importante guia no início de uma nova etapa nos laços entre ambos os lados do Estreito (de Formosa)", disse Ma, em reunião com militares aposentados, segundo diz o comunicado de imprensa.

Ma se referia às palavras de Hu em um recente encontro em Pequim com o presidente de honra do Partido Kuomintang (KMT), Lien Chan, nas quais afirmou que ambas as partes "devem sedimentar a confiança mútua, deixar de lado as disputas, buscar terrenos comuns sem abandonar as diferenças e criar um desenvolvimento mutuamente benéfico".

O presidente eleito de Taiwan fez um apelo à reconciliação dentro da ilha e com a China, "para criar uma paz e estabilidade de longo alcance", durante seu encontro com militares.

Ma reiterou sua determinação de fazer todo o possível, após sua posse no dia 20 de maio, para liberalizar os vôos diretos fretados e atrair turistas da China para a ilha. EFE flp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG