Presidente do Uruguai inicia visita a Israel

Jerusalém, 25 ago (EFE).- O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, iniciou hoje uma visita oficial de dois dias a Israel que tem o objetivo de impulsionar as relações comerciais e a cooperação técnica e científica entre os dois países.

EFE |

A visita começou com uma recepção oferecida com honras militares pelo presidente israelense, Shimon Peres, na residência de Jerusalém, onde os dois mantiveram uma reunião e Vazquez assinou no livro de visitantes ilustres.

A agenda do presidente do Uruguai continua com reuniões com o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, e a ministra de Exteriores de Israel, Tzipi Livni.

Em seguida, Vazquez será o convidado de honra de um almoço oferecido pelo vice-primeiro-ministro e ministro da Indústria e Comércio israelense, Ely Yishai, no Hotel King David, onde o líder uruguaio fica hospedado.

O programa continuará com uma visita que Tabaré Vazquez realizará à tarde ao Yad Vashem - o Museu do Holocausto -, onde prestará homenagem aos 6 milhões de judeus exterminados durante a Segunda Guerra Mundial.

Tabaré Vazquez se reunirá depois com a colônia uruguaia em Israel, por ocasião do dia nacional do Uruguai.

O primeiro dia da visita de Tabaré Vazquez neste país concluirá com um jantar de honra oferecido por Shimon Peres e à qual estão convidados os chefes das representações diplomáticas latino-americanas em Israel.

Após percorrer de manhã a cidade velha de Jerusalém, onde visitará o Santo Sepulcro e o Muro das Lamentações, Vazquez dedicará a terça-feira ao impulso das relações comerciais e científicas bilaterais.

Com esse objetivo, se reunirá com empresários dos dois países no Instituto Israelense de Exportação Internacional, e visitará o Instituto Weizman, onde o presidente do Uruguai passou uma temporada como estudante e será oferecido um almoço.

Tabaré Vázquez participará em seguida de um novo encontro com empresários uruguaios e israelenses.

O segundo e último dia da estadia oficial do presidente do Uruguai em Israel finalizará com um jantar oferecido pela colônia de seu país no Estado judeu.

O presidente do Uruguai deve partir no início da quarta-feira para Genebra, onde continua sua viagem internacional, que inclui Suíça e Coréia do Sul. EFE amg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG