Presidente do Uruguai critica comentários de candidato Mujica

MONTEVIDÉU (Reuters) - O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, disse nesta sexta-feira que alguns comentários do candidato governista à Presidência, José Mujica, são uma estupidez, em relação a uma polêmica provocada pelas declarações do ex-guerrilheiro sobre a vizinha Argentina. Mujica, que lidera as pesquisas de intenção de voto para as eleições gerais de 25 de outubro, disse em um livro publicado recentemente que há na Argentina uma cultura política e sindical de violência, mas que o país vizinho é determinante para o Uruguai.

Reuters |

"Mujica faz declarações do tipo pessoais (...), há algumas que concordo e outras que não concordo", Vázquez disse ao Canal 12 de Montevidéu durante uma visita aos EUA.

No livro, que compila uma série de entrevistas que o jornalista Alfredo García fez com o ex-guerrilheiro durante quatro meses neste ano, Mujica disse que a Argentina "tem reações de histérico, louco, paranóico".

Ele também criticou o governo do país vizinho e os produtores agropecuários pelo prolongado conflito que provocou impacto na atividade econômica.

Segundo explicou aos jornalistas, suas opiniões sobre o sistema político são fruto de comentários que recebe dos próprios cidadãos argentinos.

(Reportagem de Conrado Hornos)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG