Presidente do Timor Leste desiste de disputa por cargo na ONU

O presidente do Timor Leste e Prêmio Nobel da Paz, José Ramos Horta, anunciou nesta sexta-feira em Dili que não será candidato o cargo de Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos.

AFP |

"Consultei meus colegas do Timor Leste e meus assessores, ouvi as opiniões de muitos timorenses. Consultei muitos amigos, cujas opiniões são muito importantes para mim. E decidi não concorrer ao cargo de Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos", declarou Ramos Horta.

Ramos Horta, 58 anos, eleito presidente do Timor Leste em maio de 2007, havia afirmado na quinta-feira que pensava sobre a possibilidade de disputar o cargo.

str-seb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG