Presidente do Supremo de Honduras propõe anistia para Zelaya

O presidente da Suprema Corte de Honduras, Jorge Alberto Rivera, propôs conceder uma anistia ao presidente deposto Manuel Zelaya para superar a crise provocada pelo golpe de Estado de 28 de junho.

AFP |

"A anistia política é uma possibilidade", declarou Rivera ao jornal salvadorenho El Diario de Hoy.

Rivera deve viajar em breve a Washington junto com uma delegação para negociar com a Organização dos Estados Americanos (OEA) uma "saída dialogada" para a crise.

A promotoria de Honduras acusa Zelaya de 18 delitos, entre eles traição à pátria. O ex-dirigente foi destituído do cargo e expulso para a Costa Rica no dia 28 de junho.

cmm/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG