Presidente do Sudão visita Darfur após ter prisão pedida por genocídio

O presidente sudanês Omar al-Bashir, que poderá ser acusado por crimes em Darfur, chegou nesta quarta-feira a essa província do oeste do Sudão, cenário de uma guerra civil desde 2003.

AFP |

Omar al-Bashir foi recebido por uma guarda de honra militar no aeroporto de El Facher, capital de Darfur-Norte.

Muito sorridente, o presidente cumprimentou autoridades locais que foram recebê-lo, no início de uma visita de dois dias à província, a primeira desde 2007.

Na semana passada, o promotor-geral do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luis Moreno Ocampo, pediu aos juízes dessa Corte que emitam uma ordem de prisão contra o presidente sudanês por genocídio, crimes de guerra e crimes contra a humanidade em Darfur.

O conflito de Darfur deixou até agora 300.000 mortos, segundo a ONU, e apenas cerca de 10.000, segundo o Sudão.

Leia mais sobre Darfur

    Leia tudo sobre: sudão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG