Presidente do Sudão viaja à Líbia, apesar de ordem do TPI

Cartum, 26 mar (EFE).- O presidente sudanês, Omar al-Bashir, viajou hoje à Líbia em um nova visita a países da região, apesar da ordem de detenção contra ele que foi emitida pelo Tribunal Penal Internacional (TPI), informaram fontes oficiais.

EFE |

Relatórios iniciais indicavam que o presidente sudanês viajaria hoje mesmo à Etiópia, mas as fontes disseram que, por fim, decidiu visitar Trípoli para se reunir com o líder líbio, Muammar Kadafi.

Kadafi exerce atualmente a Presidência rotativa da União Africana, da qual o Sudão faz parte.

Durante sua visita à Líbia, as fontes disseram que Bashir analisará com Kadafi temas vinculados ao conflito em Darfur, que explodiu em fevereiro de 2003 e que já causou cerca de 300 mil mortes.

Também analisarão a situação colocada depois que o TPI emitiu, em 4 de março, uma ordem de detenção contra Bashir e o acusasse de crimes de guerra e de lesa-humanidade por seu papel no conflito armado em Darfur.

Antes da viagem que empreendeu hoje à Líbia, Bashir visitou nos últimos dias a Eritréia e o Egito. Nenhum destes países é signatário do tratado que criou o TPI. EFE az-nq-ag/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG