Presidente do Sudão faz peregrinação a Meca

Riad, 1º abr (EFE).- O presidente sudanês, Omar al-Bashir, viajou hoje para a Arábia Saudita com o objetivo de fazer a chamada pequena peregrinação à cidade de Meca, considerada santa pelos muçulmanos, informou a agência local de notícias SPA.

EFE |

Bashir é alvo de uma ordem de detenção expedida pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes de guerra e de lesa-humanidade devido a sua atuação no conflito da região sudanesa de Darfur, que desde 2003 já deixou cerca de 300 mil mortos, segundo dados da ONU.

Membros do alto escalão saudita, como o vice-diretor da Grande Mesquita de Meca, xeque Mohammed bin Nasser al-Khozayem, receberam o presidente sudanês na mesquita.

Desde o anúncio da ordem do TPI, em 4 de março, Bashir visitou Eritréia, Líbia e Egito. Além disso, compareceu à cúpula da Liga Árabe realizada na segunda-feira passada na capital do Catar, Doha.

Durante o evento, diversos líderes árabes demonstraram apoio ao presidente sudanês, o qual exigiu o respeito à soberania de cada país e reafirmou que não respeitará as resoluções do TPI. EFE as/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG