Presidente do Sudão desafia mandado de prisão com nova viagem

CARTUM - O presidente do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, chegou à Arábia Saudita nesta quarta-feira para uma breve peregrinação, na sua mais recente viagem em desafio a uma ordem internacional de prisão contra ele, disse a mídia oficial.

Reuters |

Esta é a quinta viagem de Bashir ao exterior desde que a Corte Criminal Internacional expediu um mandado de prisão contra ele em 4 de março, acusando-o de crimes de guerra e crimes contra a humanidade em Darfur, região no oeste do país.

A agência de notícias oficial saudita disse que Bashir chegou à cidade de Jidá, no mar vermelho , para participar do umrah, uma curta peregrinação islâmica.

A TV sudanesa e a rádio estatal disseram que Bashir voou para lá desde Doha, onde participou da cúpula entre líderes árabes e latino-americanos.

O ministro das Relações Exteriores saudita, Saud al-Faisal, tem afirmado que o mandado de prisão é uma decisão politizada que "não levará à estabilidade no Sudão ou resolver o problema de Darfur".

Bashir pode ser preso se deixar o Sudão e até o momento visitou apenas países que não são membros da Corte Criminal Internacional.

Especialistas dizem que pelo menos 200 mil pessoas morreram e mais de 2,7 milhões deixaram suas casas após seis anos de conflito étnico e político em Darfur. Cartum diz que 10 mil pessoas morreram.

Leia mais sobre Sudão

    Leia tudo sobre: sudão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG