Presidente do Sudão anuncia fim do conflito em Darfur

CARTUM (Reuters) - O presidente do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, disse a partidários que o conflito em Darfur chegou ao fim ao anunciar a libertação de 57 rebeldes, após assinar um cessar-fogo e um acordo inicial de paz com alguns insurgentes. Agora a crise acabou em Darfur. Agora a guerra terminou em Darfur... Nós devemos lutar a guerra pelo desenvolvimento, disse Bashir em um comício na capital do Darfur do Norte, em um discurso gravado ouvido pela Reuters.

Reuters |

Bashir acertou um cessar-fogo temporário com o grupo rebelde Movimento pela Justiça e Igualdade (JEM, na sigla em inglês) em Doha, na terça-feira, e assinou um documento que prevê a assinatura de um acordo final de paz pelo Sudão com os rebeldes até 15 de março.

Outros grupos rebeldes de Darfur rejeitaram o plano, e o acordo foi anunciado quase um ano após o último cessar-fogo entre Cartum e o JEM, que os rebeldes afirmam ter sido quebrado após um dia.

O governo de Bashir disse na quarta-feira ter libertado 57 militantes do JEM, metade do número total de homens detidos por Cartum após terem participado de um ataque insurgente na capital em 2008.

As libertações foram prometidas como parte do novo acordo com o grupo.

(Reportagem de Andrew Heavens e Khaled Abdelaziz)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG