Trabalhadores estão presos desde quinta-feira (5)

O presidente do Peru, Ollanta Humala, chegou nesta terça-feira (10) à mina Cabeza de Negro, onde permanecem presos nove trabalhadores , para assistir ao resgate previsto para acontecer nas próximas horas.

Leia também: Equipes trabalham no resgate de mineiros no Peru

O chefe de Estado chegou às 19h20 no horário local (21h20 de Brasília) no avião presidencial e depois se dirigiu em um helicóptero até a mina Cabeza de Negro, a cerca de 38 quilômetros da cidade de Ica, em uma zona desértica e de difícil acesso.

Nos arredores da mina já estão preparadas ambulâncias para dar assistência aos mineiros. O presidente se reuniu com os três ministros de Estado que se encontram no acampamento e cumprimentou os bombeiros, policiais e membros da equipe de resgate que trabalharam para localizar aos mineiros.

Minutos após chegar, Humala ingressou no túnel acompanhado por alguns policiais e encarregados do resgate.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.