Presidente do Parlamento Europeu pede a Teerã resposta comedida aos protestos

Bruxelas, 16 jun (EFE).- O presidente do Parlamento Europeu, Hans-Gert Pöttering, expressou hoje sua preocupação com a situação no Irã e lembrou às autoridades do país que sua resposta aos protestos deve ser comedida e nunca desproporcional.

EFE |

"Estou desolado após saber que sete pessoas morreram ontem à noite durante o ataque a um posto militar", disse Pöttering em comunicado no qual insistiu em que "o uso da força não pode ser uma solução".

Segundo o presidente do Parlamento Europeu, "os cidadãos iranianos devem ser capazes de alcançar suas aspirações democráticas por vias pacíficas".

"A liberdade de expressão e de manifestação são parte do núcleo de direitos individuais que a União Europeia (UE) apoia e promove", lembrou.

Pöttering, que deixará seu cargo em julho com a renovação dos ocupantes da Eurocâmara, disse que o Parlamento está disposto a cooperar com o Irã caso o país "se comprometa explicitamente com os direitos e princípios universais, que incluem sua disposição a estabelecer relações pacíficas com as nações vizinhas". EFE mvs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG