Presidente do Parlamento Europeu condena agressão a Berlusconi

O presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, condenou firmemente nesta segunda-feira a agressão ao chefe de governo italiano Silvio Berlusconi, destacando que a violência física não era forma aceitável de luta política.

AFP |

"Este incidente merece uma condenação firme e nunca deveria ter acontecido", declarou Buzek ao inaugurar a sessão plenária mensal do Europarlamento em Estrasburgo (leste da França).

"A política não pode ser feita desta forma", destacou Buzek, desejando a Berlusconi "uma pronta recuperação".

O eurodeputado socialista italiano Gianni Pittella também condenou a agressão de domingo. "Somos adversários de Berlusconi, mas adversários políticos", destacou em breve declaração.

ab/ylf/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG