Presidente do Parlamento cubano diz que Obama é grande incógnita

(atualiza com declaração de programa oficial de televisão cubana) Havana, 20 jan (EFE).- O presidente do Parlamento cubano, Ricardo Alarcón, afirmou hoje que o novo chefe de Estado americano, Barack Obama, é um grande ponto de interrogação, embora tenha se referido ao seu discurso de posse como muito interessante.

EFE |

"Acho que é muito interessante. Primeiro, é um grande orador.

Muito bem feito (o discurso), muito bem expressado, e é preciso lê-lo com atenção", disse Alarcón a jornalistas na primeira reação oficial de Cuba desde que Obama tomou posse hoje como o 44º presidente dos Estados Unidos.

Alarcón fez estas declarações após assistir a uma conferência na Universidade de Havana feita pela presidente da Argentina, Cristina Fernández, com quem deve se reunir ainda hoje.

Depois da intervenção da governante, Alarcón foi perguntado sobre as expectativas de Cuba em relação ao mandato de Obama.

"As mesmas: que é um grande ponto de interrogação", respondeu.

Um programa da televisão cubana que habitualmente expressa a opinião do Governo sobre diferentes temas internacionais disse também nesta quarta-feira que George W. Bush "foi fracassado após levar seu país e o mundo à quebra".

"Obama chega à Presidência dos EUA com muitas expectativas e enormes desafios pela frente. Veremos qual será a história nos próximos quatro anos", disse o âncora do programa, Randy Alonso.

O presidente cubano, Raúl Castro, já havia reiterado em várias oportunidades sua predisposição a se sentar para conversar com Obama para resolver as diferenças que ambos os países têm há anos. EFE rmo/sc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG