Presidente do Parlamento afirma que o Conselho de Guardiães não é neutro

Teerã, 21 jun (EFE).- O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, denunciou que o Conselho de Guardiães não é neutro e ressaltou que se deve respeitar a opinião daqueles que acham que as eleições não foram limpas.

EFE |

Em uma crítica ao Governo e em certa maneira ao líder Supremo, aiatolá Ali Khamenei - que respaldou os resultados -, o político também criticou a falta de neutralidade da televisão estatal iraniana.

"A maioria do povo acredita que os resultados eleitorais são diferentes dos anunciados. A opinião desta maioria deve ser respeitada e deve ser diferenciada dos sabotadores e dos infiéis", afirmou na televisão estatal.

O Irã é palco de protestos e violentos confrontos desde que há uma semana o Ministério do Interior concedeu ao atual presidente Mahmoud Ahmadinejad uma polêmica vitória por uma surpreendente maioria absoluta. EFE jm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG