Presidente do Paquistão viaja hoje a Pequim em visita oficial

Islamabad, 20 fev (EFE).- O presidente do Paquistão, Asif Alí Zardari, deve viajar hoje à China, em uma visita de quatro dias que visa à assinatura de acordos de livre-comércio, segundo uma fonte oficial.

EFE |

Zardari procura a ajuda de Pequim em assuntos que incluem projetos hidrelétricos, agricultura e associações financeiras e industriais, conforme informou o canal "Geo TV".

"A viagem do presidente Zardari é parte de suas visitas trimestrais ao país para explorar a cooperação econômica", declarou ontem à noite o porta-voz da Chancelaria paquistanesa Abdul Basit, em declarações publicadas pela agência de notícias local "APP".

O presidente paquistanês terá reuniões com os principais líderes chineses para discutir assuntos globais e regionais de interesse mútuo, com objetivo, sobretudo, de impulsionar a cooperação bilateral.

A China é um dos aliados estratégicos do Paquistão e deu, nas últimas décadas, um significativo apoio militar ao país, envolvido em uma corrida armamentista com a potência vizinha e rival, Índia.

Nos últimos meses, o Paquistão chegou a buscar apoio da China na polêmica em que se envolveu com a Índia devido ao massacre em Mumbai (ex-Bombaim) de novembro passado, ataque que autoridades indianas atribuem a terroristas paquistaneses. EFE igb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG