O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, pediu nesta terça-feira, ao final de uma reunião com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ajuda da comunidade internacional para socorrer os civis afetados pelo conflito no noroeste do país.

"Lançamos um apelo ao mundo", declarou Zardari. "Nosso objetivo é chamar a atenção do mundo sobre a catástrofe humanitária atual".

"Queremos que o mundo ajude o Paquistão e as pessoas afetadas por esta guerra", afirmou o dirigente, ressaltando que os refugiados "perderam suas plantações, suas fontes de renda, seu trabalho e suas casas".

Centenas de milhares de pessoas já fugiram dos combates entre o Exército paquistanês e os rebeldes talibãs no vale do Swat e nos distritos vizinhos de Buner e Lower Dir, no noroeste do país.

hc/yw/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.